Arquivo do mês: março 2010

Tá na hora

É isso mesmo, fellas!

Tá na hora de voltar a morder umas bundas nas festas.

Osíris e seus amigos fizeram sucesso no carnaval de Navegantes (famoso Navegay) em 2009, suas histórias foram publicadas aqui com detalhes e agora chegou a hora da volta à batalha! O fim de semana mal acabou e já está pra começar novamente! Quarta-feira com cara de quinta, quinta com cara de sexta e a Sexta-feira Santa com cara de “Santa” (se é que vocês me entendem).

Nada de arrependimentos, nada de beber pouco ou parar de beber. O negócio é destruir o dia sem medo de ser feliz, e não tô falando só do dia em que se bebe, porque ainda tem o dia seguinte pra aguentar cheio de álcool no sangue e na cabeça.

Outro dia vi uma camiseta no programa Pânico na TV que dizia: “I only drink on days beggining with ‘T’ – Tuesday, Thursday, Today, Tomorrow, Thaturday, Tunday”

Particularmente, acho que em português ficaria muito melhor a seguinte frase: “Eu só bebo em dias que começam com a letra ‘T’ – TODOS!” hêhehehe

Depois desse desabafo, gostaria de pedir uma pequena contribuição para os senhores (e senhoras) amigos da cachaça. Enviem suas piores histórias para o e-mail cronicasdacachaca@gmail.com ou a pior história de seu amigo pra poder ser publicada aqui!

Uma dose e um abraço ou o contrário!

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em cachaça

Crônica da Memória

Memória falha

Sabe quando você chega em casa, cansado pra cacet* de tanto der enchido o c* de cachaça o dia inteiro, senta no sofá só pra dar um tempo antes de ir pra cama mas acaba dormindo?

É, acontece com todo mundo… Mas com um queguido amigo nosso aconteceu algo semelhante, mas com um teor a mais de álcool!

Queguido (sim, chamaremos nosso amigo de Queguido) é um rapaz novo e seu charme é algo único, consegue encantar com poucas palavras, uma vez que tem a língua pguesa e suas frases e pérolas caem no gosto da rapaziada. Em pouco tempo morando na república dos tgutas, ele se já passou por celebridades como Madgue Teguesa, William Wallace e Boça, já tomou meio litro de Muzambinho dizendo que quem toma cachaça tem “sangue na veia”… Tudo em consequência de ter ingerido doses cavalares de álcool! E por mais que ele tente azucrinar a galera, encher o saco de todo mundo, não consegue pelo simples motivo de sempre fazer todo mundo dar boas risadas com suas pérolas.

A última vez que tive notícias do paradeiro de Queguido foi num desses fins de semana quando a gente reúne a galera pra fazer um aquece pras festas, mas no meio do caminho (entre um bar e outro, entre uma festa e outra no mesmo dia) acabamos perdendo nosso amigo de vista por uns momentos, mas isso nunca foi um problema, sempre tem um perdido que cai num canto e fica passando mal.

Mas vejamos o relato de um de nossos amigos ítalo-oriental sobre o dia em que perdemos Queguido:

Estava eu dormindo como uma pedra em minha cama, depois de encher a cara, quando ouço o barulho de alguém urinando no lavabo – mas que engraçado, achei que estivesse sozinho em casa, todos estão viajando…

Intrigado por ouvir coisas que não deveria estar ouvindo e quase chegando a conclusão de que ainda estaria embriagado ouço a descarga e logo me levanto para ver que Diabos está acontecendo e, para o meu alívio, não estava escutando coisas, realmente alguém usou a privada. Olho no quarto de Saulo, ninguém. Olho no quarto de Xavequinho, nada também… Só me restava olhar na sala e aí sim, encontrei um gordinho esparramado no sofá, a televisão ligada no canal da programação dos canais da TV a cabo e uma dúvida na cabeça: Como Queguido veio parar aqui? Ou melhor, onde ele se meteu?

Passado o dia, ou a noite, um dos colegas de república de Queguido apareceu e resgatou o gordinho da língua pguesa e logo as coisas foram se esclarecendo…

(Fim de um relato ítalo-oriental)

Sabendo que Queguido é sonâmbulo, concluímos que ele ficou muito loco de bêbado (tá, isso todo mundo já sabia), dormiu no bar (ou em alguma das festas que fomos) em algum momento da noite e voltou pra casa, mas a antiga casa, que ele morou até alguns meses antes desse ocorrido… É a única explicação, não tem como ter sido outra coisa! E acredito que muitas pessoas já acordaram em algum lugar se perguntando: Como vim parar nessa espelunca???

E você, puto de mierda, tem alguma outra ideia do que possa ter acontecido?

Obrigado e boa semana!

Deixe um comentário

Arquivado em cachaça, Cana, crônicas

Flagras

Buenas, putos de mierda!

Ah, o verão…

Recentemente, alguns flagras chamaram a atenção de repórteres e policiais do mundo todo (ok, os policiais podem ser os locais mesmo). Alguns casais russos foram pegos de surpresa neste começo de ano na Tailândia. O primeiro (flagra), foi de dois casais se divertindo no mar, foram pegos pela polícia e multados em inacrebeliavables R$ 26,00 cada um dos metelões!

O segundo foi um pouco mais…rápido! Nem teve tempo da polícia chegar, prender e multar (e que multa não?) os pombinhos metelões. Mas um detalhe que me chamou a atenção pra colocar essa notícia no Crônicas é que esse caso foi no dia 17 de março, famoso Saint Patrick Day e acredito que o casal possa ter exagerado nas doses, não é???

Quem diria que as pessoas poderiam ser tão explícitas nessa vida?  (ok, é só uma zuação)

That’s all, folks!

Cheers!

2 Comentários

Arquivado em cachaça

Ritmo de Copa

“Alôôô você!”

Nem preciso dizer quem foi que sempre falou essa frase na televisão brasileira e, com certeza não preciso dizer quem é que vai aparecer hoje aqui no Crônicas.

Tive uma lembrança do dia em que vi isso acontecendo ao vivo na Rede TV! em 2006 e resolvi resgatar este momento inesquecível. É claro que o rapaz estava mais pra lá do que pra cá e ainda alegou estar sob efeito de tranquilizantes, mas a cena foi bizarra e digna de entrar pros arquivos do Crônicas!

E o melhor de tudo foi que o Fernando Vanucci não perdeu o emprego na Rede TV! Se fosse na Globo, bastaria uma bolachinha na volta do intervalo!!!

Sem mais, Vanucci pra vocês:

Reblog this post [with Zemanta]

1 comentário

Arquivado em cachaça

Cultura Nacional

Hey drunk basterds!

Muitos já viram o sucesso que foi ouvir nossa querida Vanusa (da antiga Jovem Guarda) cantando o Hino Nacional ligeiramente dopada (ou embriagada), mas o que poderia ser melhor do que um bebum autêntico cantando o nosso Hino?

Não se pode negar o talento nem a capacidade de improviso do nosso artista, mas que é engraçado é!

Eu só não concordo com a indignação do rapaz que postou o vídeo…

Uma dose pra começar bem a semana e esquecer que no Brasil existem cerca de 16 milhões de analfabetos!

Deixe um comentário

Arquivado em cachaça

Vaga de emprego

Hey fellas!!

Imagine uma praia…

Imagine um hotel…

Escolha a bebida…

Escolha a acompanhante e aproveite o seu salário!

Salário?! Sim, trabalhar curtindo a vida e com direito a acompanhante!

Uma empresa que realiza casamentos na Irlanda está recrutando alguém que esteja disponível para viajar, beber, comer e se divertir para testar os mais diversos lugares para se passar a lua-de-mel!

A matéria está no site época negócios online.

Se alguém procurar por runaway bride & groom no youtube vai ver alguns vídeos de casais que estão na luta por essa vaga de emprego preciosa!

E por favor, alguém avise aí se conseguiu pelo menos acessar o site da empresa (www.runawaybrideandgroom.com)!!!

Um abraço

Não que estejamos precisando trabalhar mais ou ganhar mais, mas precisamos trabalhar melhor!

1 comentário

Arquivado em 1

Saint Patrick’s Day

Boa noite, cachaceiros!

Hoje é dia de celebração e não é uma qualquer! É dia de São Patrício!!! (???)

É…Confesso que Saint Patrick não é um nome muito difundido no nosso país, mas alguns Pubs tem feito campanhas juntamente com a cerveja irlandesa Guinness para promover o dia 17 de março e, obviamente, ganhar uma grana extra.

Para comemorar hoje, nada melhor do que uma boa cerveja irlandesa, mas se no mercado perto da sua casa não tiver tal cerveja, vai uma Antarctica mesmo ou aquela dose de Lua Cheia, Meia Lua, Saliníssima, Pirassununga, Ypióca, Muzambinho, enfim, qualquer dose de álcool hoje é bem-vinda.

Dizem por aí que em países que celebram o dia de São Patrício existem desfiles, as pessoas vão às ruas, bebem, caem, levantam, bebem de novo, caem de novo…Tá com cheiro de carnaval isso aí hein ou Oktoberfest, ou coisa que o valha!!!

Um abraço e Happy Saint Patrick’s Day!

Reblog this post [with Zemanta]

1 comentário

Arquivado em cachaça